Energia solar fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica veio para revolucionar a forma que a energia é comercializada no mundo.

Nunca a questão ambiental foi tão discutida como agora, e ter soluções que são efetivamente renováveis tem sido a melhor saída.

Estamos preparando uma série de posts para desmistificar a energia solar, que vão desde o que ela de fato é, sua história, projeto, instalação, cálculos; tudo para que você se sinta muito bem informado com o tema.

Vamos conferir um pouco sobre o que vem a ser a energia solar fotovoltaica?

O que é a energia solar?

A energia solar é uma energia eletromagnética que utiliza o sol como fonte. 

Pode ser convertida em energia térmica ou elétrica, utilizada para diversas finalidades.

Como já mencionado, esse tipo de energia pode ser utilizado para gerar energia elétrica sustentável ou para o aquecimento solar de sistemas de água.

A energia elétrica proveniente da energia solar pode acontecer a partir de dois sistemas distintos. 

Um deles é o heliotérmico, que usa e converte a radiação solar em energia térmica, para depois converter em energia elétrica.

O outro é o fotovoltaico, que converte a radiação solar em energia através do efeito fotovoltaico.

Ou seja, quando te perguntarem o que é a energia solar, você pode naturalmente dizer que uma energia provinda da radiação do sol e que é convertida em energia elétrica.

 

História da energia solar fotovoltaica

Quem realizou a primeira pesquisa sobre esse tipo de energia foi o físico francês Alexandre Edmond Becquerel, em 1839. Ele foi o responsável por descobrir o efeito fotovoltaico. Mas foi Charles Fritts, em 1883, que criou a primeira célula fotovoltaica.

Mas o surgimento da energia solar fotovoltaica só ocorreu, de fato, em 1954, com a pesquisa do Russell Shoemaker Ohl. Ele foi quem criou a primeira placa de silício, tendo a patenteado e dado início aos painéis solares.

O maior marco das células de silício ocorreu no estado da Geórgia, nos Estados Unidos, quando elas serviram, na primeira vez na história mundial, como fonte de alimentação de uma rede telefônica.

O que é a energia solar fotovoltaica?

Nada mais é que utilizar a luz solar como fonte para a geração de energia elétrica. Isso ocorre através do sistema fotovoltaico e, através dele, a pessoa consegue abastecer todo o consumo de energia do seu estabelecimento, seja residencial ou comercial.

Ou seja, a energia solar fotovoltaica é obtida pela conversão da energia do sol em eletricidade por meio de uma tecnologia baseada no efeito fotovoltaico.

A cada momento, o sol libera pequenos lotes de energia, que são conhecidos como fótons, como se fosse um reator nuclear imenso e natural. Para chegar à Terra, esses fótons demoram cerca de 8,5 minutos para percorrer 150 milhões de KM.

A título de curiosidade, a cada hora passada, a quantidade de fótons que atingem a Terra, seria, na teoria, capaz de gerar energia o suficiente para atender a necessidade energética global por um ano completo. Claro que isso é apenas teoria… ainda.

Mesmo com esse “fato” a utilização da energia solar como fonte primária de energia elétrica é mínima. O que é bem triste, levando em consideração que o sistema de energia solar fotovoltaico é renovável e sustentável, sendo considerada uma energia limpa.

Como a energia solar fotovoltaica é gerada?

Para captar a maior quantidade que seja possível da irradiação solar, os painéis fotovoltaicos ficam dispostos sobre as coberturas de casas e prédios, podendo, também, ficar sobre áreas abertas e fixadas ao solo.

O caminho da produção de energia pelo sol é apenas um, mas pode ser realizado com equipamentos diferentes.

No caso de sistema conectado à rede elétrica — sistema on grid —, as células da placa fotovoltaica transformam a energia solar em energia elétrica. 

Depois de ser gerada, essa energia passa pelo inversor, que é responsável por proteger a rede e converter a corrente contínua (CC) — fornecida pelos painéis — em corrente alternada (CA) — disponível na rede elétrica convencional (ou seja, em 110 ou 220V) —, pode parecer um pouco confuso, mas na prática é bem simples.

A energia convertida pelo inversor é levada à entrada da unidade consumidora, como o estabelecimento comercial ou a residência da pessoa.

Já no sistema off grid, os sistemas fotovoltaicos costumam, também, contar com baterias. Elas servem para armazenar a energia solar produzida pelas placas solares, para que seja utilizada posteriormente. 

Isso pode ser bem comum na zona rural e lugares mais frios, onde a ausência de sol é um pouco mais frequente, vai depender muito do local onde o sistema será instalado.

Entre a bateria e os painéis, ficam os carregadores solares ou controladores de carga, que são utilizados para controlar a tensão de entrada de ambos.

Gostou de conhecer mais sobre a energia solar fotovoltaica? Fique atento aos nossos artigos, estamos sempre trazendo o melhor sobre energia solar.

 

Outras Publicações

Energia solar para empresas - SUNO SOLAR

Energia solar para empresas

A escolha por energia solar para empresas está aumentando cada vez mais. Energia solar é um recurso renovável que pode ser usado para manter uma